Namorar vadias

Eu sou uma vadia louca?

2020.10.21 15:35 CigarraMarron Eu sou uma vadia louca?

Bem, pra começar eu nunca fui a pessoa que idealizava o amor romântico, sempre achei essa ideia falsa e as pessoas que diziam viver morrendo de amor fracas e irracionais. Eu me apaixonava toda semana pro uma pessoa diferente, me divertia muito, tinha momentos intensos em vários aspectos, pra mim isso era ótimo, vivia a ideia de "amor" tradicional, mas sem sofrer por isso, já que não me apegava a ninguém. Junto a isso, sempre fui uma pessoa muito ambiciosa e tenho expectativas enormes para meu futuro, e se apegar a qualquer pessoa seria um tiro no pé, pois ia acabar formando família (o que na minha cabeça restringe exponencialmente a capacidade de uma pessoa se movimentar em busca das suas ambições).
Há alguns anos um amigo de infância se declarou pra mim e decidi entrar num relacionamento sério. E embora não estivesse caída de amores por ele, resolvi tentar por que ele sempre foi uma pessoa maravilhosa. Como já era de se esperar, ele foi um companheiro maravilhoso, atencioso, cuidadoso, amoroso, não deixava a desejar no sexo, praticamente o parceiro ideal, mas não pra mim. Ele queria ter família (filhos, cachorro, galinha, cavalo, casa na roça), não tem ambições, é tranquilo e tradicional, não esquenta com nada no universo. Ele ser assim me irritava, pq eu não aceitava que alguém pudesse ser tão passivo, ainda assim fiquei quase 4 anos no relacionamento, pois toda vez que eu pensava em terminar, minha razão me acusava, dizendo que eu tava jogando fora um homem que a maioria das mulheres gostariam de ter. Então fui só empurrando, até que achei desculpas para justificar o fim do relacionamento, me convenci dessas desculpas e pulei fora, sem olhar pra trás (embora até hj fique me pergunte se não teria sido melhor me adaptar a aquele relacionamento).
Mudei de estado, a trabalho e isso me ajudou a superar o fim do relacionamento que seria ideal, mas não pra mim. Corri atrás das minhas ambições, carreira, viagens, amizades, network. Por dois anos fui solteira e me diverti muito, mesmo que as vezes batesse aquela carência e o vazio.
Nesse tempo acabei entrando numa empresa que não me dava perspectiva de crescimento rápido, como sempre acho que não tenho tempo a perder, fiz uma proposta que se ele não pudesse me promover nos próximos 12 meses eu pediria demissão pra fazer intercâmbio. 4 meses antes de embarcar pro intercambio conheci um rapaz legal na empresa e nos aproximamos e começamos a namorar, apesar de meu intercâmbio estar marcado (obvio que eu não desistiria disso por ele, e nem por ninguém). Optamos por continuar o namoro a distância, foram fucking 7 meses infernais. Mas nem eu e nem ele ficamos com outras pessoas, embora eu tivesse dado a ele permissões (e ele não houvesse me dado permissão nenhuma). Nesse meio termo minha mãe (que mora há 2,5h de avião do lugar que meu namorado mora) ficou doente e tive que voltar do intercâmbio e dar assistência a ela. Fiquei 2 semanas com meu namorado e fui embora de novo, passar um mês com minha mãe.
Durante esse um mês que fiquei fora o meu namorado se envolveu com outra pessoa, ele já estava muito confuso, por que eu jurava que amava ele, mas tava sempre abrindo mão dele por outras coisas. AO saber que ele se envolveu com outra pessoa eu surtei do fundo do meu coração (embora concorde com relacionamento aberto e tivesse anteriormente dado permissões a ele), comecei a julgá-lo e culpa-lo, embora minha razão dissesse: "ele tolerou coisas que nem vc toleraria e ele ainda quer ficar com vc e é sincero com vc".
Meu namorado está muito confuso, e não confia muito em mim. O que é muito compreensível pq eu dou bastante brecha tanto pra a confusão quanto pra desconfiança. Eu vivo como se fosse muito desapegada, embora eu tenha um sentimento por ele, nunca faço promessas de amores eternos e sempre digo que vamos durar até quando durarmos e isso deixa ele bem inseguro, ele acha que não quero futuro com ele. Por mais que eu sinta por ele, tudo que sinto, eu não consigo deixar claro o quanto ele vale pra mim, e na verdade eu nem sei se vale, ou se ele é só o espelho do que eu achava ideal (já que tem as mesmas ambições que eu).
No meio dessa confusão de ele ter ficado com outra pessoa, demos um tempo de 1 semana, que era o tempo que faltava pra eu retornar pra cidade dele. Falei que ele estava solteiro até eu voltar, ele se aproximou da moça com quem ele ficou e agora que cheguei tivemos uma conversa muito séria, ele disse que queria ser solteiro, pra viver aventuras, já que nunca foi solteiro desde os 18 anos, tive a impressão de que ele estava gostando dessa moça (mas em uma semana? Como pode ser? Carência?), ele disse que não quer terminar comigo pq me ama, mas que sente falta de algumas coisas em mim (como a presença física e emocional, e sexo, já que pra ele transar 4 vezes ao dia parece pouco), sugeriu que eu abrisse o relacionamento pra ele, pra ele suprir essas ausências minhas que confesso que são significantes pra ele e ele sempre deixou claro. Eu analisei bem e decidi que queria tentar isso, como uma forma de compensá-lo por ter tolerado as situações que trouxe pra nosso relacionamento que só tem um ano e cujo eu passei um total de 8 meses longe, sem vê-lo. Só que apesar de ser super de boa com a ideia de abrir relacionamento, poliamor e tudo mais, eu comecei a cobrar dele que ele não deveria me impor isso (sendo que ele sempre se mostrou bem aberto a negociações e sugestões e demonstrou o quanto se importava com meus sentimento em relação a isso). Minha cabeça aprovou isso, mas minhas emoções estão transformando isso num inferno pra mim e pra ele e tudo que faço e pressionar. E agora estou pensando em trai-lo, pq estou "muito magoada" e "quero que ele me pague por fazer eu passar por isso". Ele desde o inicio foi bem claro que não abre a relação, ele jamais aceitaria e tmb odeia mentira e traição, por isso tem me contado tudo que tem feito. Marquei alguns encontros aos quais comparecerei. Mas tenho achado injusto, justamente por ele ser tão transparente comigo.
Ai comecei a me questionar, será que gosto mesmo desse rapaz e só estou com ciumes e medo de perdê-lo depois de tudo que passamos e ainda estamos "juntos"?
Será que só tô apegada a ideia de futuro com ele (devido nossos objetivos similares)?
Será que só sou uma vadia louca brincando com o sentimento de alguém que nunca me deu espaço pra desconfiança?
Será que no fundo eu sou egoísta demais pra ficar com alguém e tenho que me acostumar com a ideia de viver só na vida, seguindo meu preceito de desapego (simplesmente pq não quero abrir mão de nada por alguém)?
Sejam sinceros, sem medo de me magoar, sei que a maioria aqui tem a mente bem aberta e poderá me criticar de forma racional.
submitted by CigarraMarron to desabafos [link] [comments]


2020.05.05 04:14 CafeComPedro Gt do Guidão

Gt do Guidão
>Tudo começou quando finalmente consegui marcar um encontro com a deposito dos meus sonhos
>Caroline, uma loirinha linda, magra, mas com peitões, olhos azuis
>eu já tava no xaveco a muito tempo, e nunca tinha conseguido nada, depois de quatro meses de papo furado por MSN eis que ela aceita.
>pois bem, chegou o grande dia
>era uma sexta feria liguei pra ela pra perguntar aonde ela queria ir, pois não tínhamos combinado um lugar ainda
>ela disse que não tinha nada em mente e que na hora víamos isso
>ok desliguei e tracei um plano perfeito em minha mente
>a levaria para um barzinho super chique aqui da cidade pagaria tudo o que ela quisesse beber e depois iria embora por uma avenida cheia de motéis e parar na frente de um sem dizer nada
>com certeza daria certo
>comeria aquela lorinha de peitos grandes com toda a certeza
>meteria naquela bucetinha rosada sem parar e assim perderia minha virgindade
>depois começar a namorar e constituir família com a mulher dos meus sonho.
>tudo dando certo em minha vida amigos
>meu pai me emprestou o carro e ainda me deu 300 reais
> “O que, finalmente vai sair de casa em uma sexta a noite? E ainda com uma garota, toma aqui as chaves filhão e mais trezentão pra farra”
>feelsansiedade.jpg
>parecia que demorava 36 horas pra chegar as 22:00
>pra passar o tempo joguei uns games no PC
>assisti sessão da tarde
>comi umas bolachas recheadas e etc
>e claro, dei uma fapada como nunca antes tamanha a minha felicidade
>também porque não queria gozar com 14 segundos de transa
>logo como minha deusa
>antes de sair ainda li alguns contos de sacanagem pra pegar algumas dicas
>21:30
>banho tomado
>perfumado
>gel no cabelo
>vejo se minhas camisinhas que ganhei na escola ano passado estavam no meu bolso
>fui pra batalha
>meu pai estava radiante,
>abriu e fechou o portão de casa pra mim
>chego na casa dela
>toco o interfone
>ela diz que vai descer em alguns minutos
>nem acreditei quando ouvi isso vindo daquela boquinha doce que tanto imaginei colocar minha língua dentro
>ficp ali olhando pra casa dos meus futuros sogros
>ia vir muito ali ainda pensei comigo mesmo
>portão automático se abre e sai um corolla novo de dentro
>ele parou na do meu lado e uma loira estava dirigindo
>era a mãe de Caroline e era linda
>uma verdadeira milf potranca
>eu fico ali agradecendo a deus pelos bons genes que ele deu a minha futura esposa
>a milf olhou pra mim com um sorriso e disse: “Você deve ser o amigo da Carol né? Obrigado por fazer isso, ela e as amigas delas já estão descendo.”
>eu disse que não tinha problema nenhuma e que seria uma honra fazer isso para a filha dela
>ela sai dirigindo para a rua e o portão se fecha
>mas ela tinha dito ela e as amigas dela?
>fuckingmenage.url
>ouço a porta da casa se abrindo e dela sai Caroline
>com seus cabelos loiros esvoaçando
>um sorriso doce nos lábios
>vi aquela cena em câmera lenta anões
> nem acreditava que aquela deusa de seios fartos e barriguinha tanquinho estava vindo em minha direção
>e acreditei menos ainda quando ouvi mais vozes saindo pela porta e logo depois mais três garotas que nunca tinha visto na vida saindo também
>caroline chega e beija meu rosto e pergunta com a voz mai sensual do mundo
>“Demorei muito?” ,
>demorou nada
>ela vai entrando no carro
>as amigas entraram no banco de trás
>fico pensando em que porra esta acontecendo
>Caroline abre o vidro e me fala
> “vamos lindo, não quero me atrasar, hoje a pista vai ficar pequena.” , >filha da puta
>queria ir embora,mas aquela voz tem controle sobre mim
>entro no carro sem falar nada
>ligo e saio andando, sem saber direito qual era o meu destino
>feelswtfnemtemformatosaporra
>no carro com minha deusa caroline e mais tres vadias
>duas amigas gostosas
>e uma gordinha cheia de maquiagem que tomou banho de perfume de pobre e misturou com suor
>fui sacaneado pela minha deusa
>penso em parar o carro e mandar as 4 descerem,mas estou sozinho com quatro garotas dentro de um carro
>beta betoso
>nao da pra fazer nada,travo
>só consigo dirigir e seguir com as coordenadas que caroline diz
>só ouvia ela e seguia em frente ouvindo aquela voz maravilhosa e aqueles peitos gigantes balançando em cada lombada ou burado
>continuo dirigindo
>elas falam feito matracas
>ficam falando dos garotos e de quanto iam beber
>carolina manda eu virar a esqina que tem que fazer algo antes
>viro sem soltar um pio
>continuo seguindo caminho
>quando vi entrei num beco fudido
>nunca entrei naquele bairro antes
>ela manda eu encostar
>percebo que la na frente tem um grupo de meliantes olhando pro carro
>uma das vadias do banco de trás grita 'ei guidão,vem aqui
>negão de 2 metros de altura
>mistura de banha com músculos começou a andar em direção ao carro
>trava em tantas dobras que nem o batman invadiria o meu sistema
>ele chega perto do carro
>cumprimenta a amiga da caroline
>se conheciam
>feelsnaovoutercarroroubado.txt
>ela pergunta se ele tem daquela ai
>ele diz que tem que sempre tem e pergunta quanto vai querer
>a vadia diz o de sempre
>estavam negociando drogas do meu lado e trazendo pro carro do meu pai
>coração disparou
>finalizaram a negociação
>ligo o carro
>ja saindo Guidão grita pra eu parar
>paro o carro
>ele pergunta se estamos indo pra festa ale
>caroline disse que sim
>as biscates queriam ir numa rave
>começo a pensar em um monte de desculpas pra elas descerem
>Guidão pergunta se pode ir com a gente
>elas falam que sim sem nem perguntar pra mim
>só consigo tirar forçar pra falar que o carro ta lotado
>caroline agarra meu braço
>aqueles peitos gigantes roçando em mim
>ela fala que nao tem problema que ela e as amigas vao uma no colo da outra
>nao consigo responder nada só concordei com a cabeça
>guidao fala que nao da pra ir atras
>ele chega do meu lado e manda eu pular pro lado e caroline ir atras que ele vai guiando
>paro e penso que nao sabia onde estava e que se entrasse em rua errada ia ser metralhado por traficantes
>eu chego pro lado e ela vai pra tras
>ele começa a dirigir
>no carro do meu pai
>com quatro garotas
>um traficante
>indo pra uma rave
>e transportando drogas
>ele vira e pergunta se eu sei o por que do apelido dele ser guidão
>falo que não
>ele diz que o pau dele é preto e do tamanho de um guidão de bicicleta
>as vadias começam a cherar no carro ainda
>guidao vira e fala que ontem apareceu um negao morto sem os olhos e com um cabo de vassoura enfiado no cu
>ele vai pegar o celular pra mostrar a foto que tirou
>tijolo baiano atinge a porta do carro do meu lado
>arregalo os olhos e só consigo ver uma negona gorda com um molequinho no colo gritando 'GUIDÃO FILHO DA PUTA,VOLTA AQUI JA TA INDO ATRAS DE PIRANHA DENOVO'
>ela se prepara pra jogar outro
>ele consegue desviar graças as suas pericias de piloto de fuga
>ele acelera e saimos do bairro
>guidão e as vadias rindo feito hienas
>ele pula varios sinais vermelhos e fala "cara essa rave que vamos vai ser animal"
>ele pergunta qual das la de tras vou faturar
>travo e nao sei o que falar
>caroline fala ele vai ficar com fernando minha priminha,ela ta afim dele dese que entramos no carro
>penso,fernanda?
>porra era a gordinha
>minha deusa estava me empurrando a gordinha
>ela nao falava muito com as outras
>percebo que só chamaram ela pra eu ter o que fazer na rave e nao vir embora
>guidao fala que chegamos e pede vintão pro estacionamento
>ele estaciona o carro e do nada todo mundo evapora só sobrou eu no carro
>olho pra um lado e pro outro e vejo gente chapadona sem camisa,piriguetes,pessoal dançando de oculos que nem macaco
>me sinto no inferno
>tento sair de fininho e pegar o carro e fugir pro pc
>percebo que guidao pegou as chaves
>rage.jpg
>penso que nao pode piorar e vejo a gordinha me olhando
>fernanda ficou me encarando por uns minutos
>ela começa vir na minha direçao
>nao sou bonito,mas acho que da pra pegar algo melhor
>ela chega e fala oi
>eu digo oi
>ela fala doq a caroline disse no carro e diz que realmente gostou de mim
>ela queria ficar comigo,meu deus
>beta betoso,virgem,mas não era bv
>resolvo encarar pra nao passar tudo em branco
>vou pra um canto com ela e começamos a nos beijar loucamente
>ela era boa,beijava como se ofsse a ultima vez que beijaria alguem
>entro no clima,vou me empolgando
>ela tinha tetas gigantes
>começo a apertar aquelas tetas gigantes
>pego naquela bunda gigantesca
>começo a chupar os peitos dela
>ela começa a gemer cada vez mais alto
>pau ja tava pra fora
>gordinha fazendo uns movimentos retilinios uniformemente acelerados
>ela deu um grito de extase e gozou
>gozou tao loucamente que caiu no chao babando
>começou a ter espasmos musculares e começou a se mijar
>ela tava tendo uma convulsão
>fudeumateiavadia.pwp
>eu começo a gritar e algumas pessoas vem pra ajudar
>pessoas aleartórias começam a perguntar oq eu fiz pra ela
>me jogo no meio da multidão saio correndo
>me escondo no meio de duas barracas
>tomo um ar
>maos tremendo,mas pensando caralho sou foda fiz a gordinha ter uma gozada epiletica,sou foda
>estufo o peito
>cheio de coragem
>começo a procurar a caroline
>quero ficar com ela de qualquer jeito
>me pegam pelo colarinho e me jogam no chao
>sinto um cheiro de maconha
>sou rodiado por cinco japas vestidos como rapers
>um deles chega até mim com corrente de prata gigante
>ele fala que ficou sabendo que eu cheguei no mesmo carro que guidão
>eu nao respondi nada
>ele fala que mando guidao nao vender na area dele e diz que tenho 10 segundo pra falar onde ele esta ou vai me encher de porrada
>os japinhas rappers me levaram pra uma tenda no canto da rave
>me sinto na serie 24 horas
>fico uns minutos ali
>entra um japinha baixinho,de bandana e oculos escuros,sem camisa e cheio de corrente no pescoço perguntando sobre o guidao e mandando eu dar o bagulho que eu tava vendendo com o guidao
>começo a chorar falando que nao tinha nada,choro muito,que nao sabia de nada,só vim de carona com guidao que não traficava nem usava nada
>o japinha começa a rir de mim
>me pega pelo colarinho e me leva pra fora
>ele me deixa com um gordao e manda eu dar um role por ai pra achar o guidao
>penso em correr mas o gordao tava segurando meu colarinho forte demais
>vejo caroline sendo puxada por um japa era caroline
>ele chegou ate mim e pergunta se ela tava comigo no carro
>olho nos olhos da filha da puta que me colocou nessa confusão toda
>digo que não estava cmg no carro
>sou um beta betoso,nao conseguia fuder com a vadia
>japa solta ela e continuamos a procurar o guidão
>o japa gordo fica com vontade de mijar
>vamos pros banheiros quimicos
>um banheiro do lado do outro
>japa abre a porta do banheiro e da um pulo pra tras
>era guidao com uma neguinha la dentro chupando sua benga
>aquela rola era gigante
>do tamanho de um guidao de bicicleta
>tinha a espeçura de uma lata de refrigerante
>o tamanho da monstruosidade daquela rola assustou nos 3
>ficamos parado ali auns segundos
>tempo o bastante pro guidao se desgrudar da nehuinha e sair correndo igual a mil africanos atras de agua mas com as calças arriadas e uma mangueira grossa e preta balanãndo no meio das pernas
>o japa me solta e sai correndo atras dele
>o gordao fica olhando pra mim pra ver minha reaçao
>corro feito usain bolt
>consigo fugir,mas guidao ainda estava com minha chave
>precisava achar ele nao sabia como sair dali
>minha chance de sobrevivencia é o guidao
>começo a correr feito um condenado atras do guidao
>avisto caroline apontando pra mim e atras dela um japinha olhando
>japinha corre atras de mim
>a vadia me xixnovo
>levo uma rasteira e caio de boca no chao
>japinha pula em cima de mim me dando soco na cara
>levava altas bicudas quando um milagre aconteceu
>ouço um grito vindo da multidão
>"NINGUEM MECHE COM MEU HOMEM"
>era fernanda a gordinha saiu da multidão com a furia de mil mendigos
>ela derruba o japinha com um mata leão
>a gordinha era faixa preta em jiu jitsu
>ou uma gorda tremendamente apaixonada ja que finalizou o japa em poucos segundos
>peguei ela pelo braço e saimos correndo
>pergunto se ela viu o guidão
>ela diz que nao
>corremos em direçao ao muro
>faço pezinho e mando ela pualr
>adrenalina amil pra eu ter aguentado aquele saco de banha
>logo depois ela me puxa e quando vou pualr vejo caroline correndo em minha direção
>ela grita por ajuda
>japa gordao atras dela
>paro um pouco e olho pra caroline desesperada
>olho pra minha gordinha salvadora
>e pulo o muro deixo a vadia se fuder
>finalmente faço algo de que me orgulho
>começo a correr com a minha gordinha
>sim agora ela era minha
>foda-se se era gorda
>corro pro estacionamento
>tenho que levar o carro do meu pai pra casa de qualquer jeito
>lembro que ele tinha acabado de pagar o carro
>acho o carro no estacionamento
>pegou uma pedra pra jogar no vidro
>no meio do ato ouço um grito
>ABRE ESSA MERDA FILHA DA PUTA
>era guidão meu salvador
>vi ele correndo desferindo golpes de capoeira no japas que se aproximavam ate sobrar ele
>outros longe vindo em nossa direção
>ele chega perto e pede a cha
>GRITO FEITO UM MALUCO FALANDO QUE A CHAVE TA COM ELE
>ele diz que deve ter perdido no meio do boquete
>o japa gordo chega perto
>quando menos espero a gordinha se joga em cima dele pra ganharmos mais tempo
>guidao quebra o vidro do carro com um soco
>faz ligação direta
>sem nem pensar pulo dentro do carro e mando ele pisar fundo naquela merda
>ele olha pra mim e pergunta ,mas e gordinha
>FODA-SE TIRA A GENTE DAQUI
>guidao acelerou como se estivesse a 10 metros de um final de corrida
>nem vejo a troca de marcha com a tamanha habilidade conquistada em muitas fugas por esse mundo de crime afora
>de longe vejo a gordinha lutando com o gordão era muita banha pra todos os lados
>só consigo ver dali 5 japas pulando em cima da gordinha
>peço a deus pra que ela não sofra tanto
>guidao grita
>HAHAHA MOLEQUE ESSA FOI POR POUCO AUQELE JAPAS SAO UM PE NO MEU SACO
>estavamos livres e indo direto pro bairro do guidão
>adrenalina passando aos poucos
>guidao alucinado
>nunca pensei que aquele efeito das luzes passando no need for speed fosse verdade
>mas agora todas as luzes passando na minah cabeça ao som de Zeca pagodinho que o guidão tinha colocado na radio
>digo que to morto que meu pai vai me matar olha o estado do carro
>ele diz pra eu nao esquentar se eu contar toda a historia
>mas pra nao falar o nome dele se nao ele me mata e depois mata minha mae
>ele pergutna se eu tenho um cachorro que se nao tiver ele compra um e me da só pra poder matar ele tambem
>guidao para o carro na esquina e pergunta se eu queria meter naquela vadiazinha loira
>pergunta quanto eu tenho no bolso que conhece uma puta coisa fina
>ja tinha desistido de comer alguem
>entao tava contabilizando aqueles trezentão que meu pai me de pra trocar de placa de video
>chegamos na casa dele
>ele para o carro e poe aquela pemba gigante e preta pra fora e fala
>vira o cuzinho
>fudeu.jpg
>travei,sem ter o que fazer
>porra sai de casa pra comer buceta e vou ter meu cu arrombado
>meucu travou
>me preparo pra pular a janela quando ele começa a rir e fala que é brincadeira
>fico aliviado mas ele fala pra eu passar a grana
>ele leva toda minha grana
>leva meu tenis
>ele sai do carro e pula o primeiro muro que apareceu pela frente
>finalmente posso voltar pra casa
>pulo pro banco de motorista e percebo que não tem as chaves
>tento fazer ligação direta varias vezes sem muito sucesso
>ligo pro meu pai chorando e dizendo que me sequestraram e me largaram num bairro barra pesada
>um carro da policia chega e me leva pra casa
>chego em casa corro pros braços da minha mãe e do meu pai
>vou pro meu quarto
>entro no pc e falo com o irmão de caroline
>ele diz que os pais dela estão numa delegacia por suspeita de estupro
>pergunto se as amigas delas estavam com ela na delegacia
>ele diz que fernanda esta no hospital mas está bem
>fico feliz pela gordinha
https://preview.redd.it/j8ycmub8vuw41.png?width=800&format=png&auto=webp&s=a514965e538fe0c73944d27e86900e06bfffc2c9
submitted by CafeComPedro to TextoVerde [link] [comments]


2020.04.06 04:26 Amplix18 Talvez meu relacionamento acabe por causa da minha sogra

BACK HISTORY: desde que eu comecei a namorar eu nunca gostei da minha sogra, ela é MUITO intrometida no nosso namoro e na vida da minha namorada também. Eu não gosto de ir na casa da minha namorada por esse motivo, embora em 2018 eu tenha ido lá praticamente toda semana, eu ia na força do amor pela minha namorada. Sem querer parecer soberbo ou desumilde mas a casa da minha namorada não é muito agradável, para começar ela vive com a sobrinha dela lá que é uma garota extremamente chata e mal-educada pra caralho... algumas coisas que ela faz são: não deixa eu e a minha namorada conversar em paz, se intromete na conversa, xinga minha namorada de vadia/piranha, e as vezes até xinga a avó(mãe da minha namorada) mas os xingamentos são mais leves tipo idiota, velha, etc e a minha sogra simplesmente NÃO FAZ NADA... e ela só tem 11 anos. eu ainda não entendo pq ela vive lá e a mãe dela vive em outro lugar e só vê a pirralha de vez em quando. teve até uma vez que ela e minha namorada(19) saíram no tapa na sala comigo e a minha sogra estando lá, e minha sogra falou bem isso "deixa elas extravasarem, faz bem pra mente", uma situação deplorável. A varanda da frente da casa dela está com um cheiro horrivel de mijo, já que tem areia para obra lá, na maioria das vezes que eu vou lá a casa está uma bagunça, não podemos ficar no quarto pq a mãe dela não deixa e nem na sala pq ela fica com o rabo sentado na sala quase o dia inteiro vendo novela/jornal e fica me olhando com uma cara estranha. A única opção é a varanda da parte de trás para nós ficarmos lá conversando. A partir de 2019 eu parei de ir lá e minha namorada ficou indo na minha casa (ela ia feliz e eu não obrigava ela a vir). Eu prefiro que ela venha aqui do que eu ir lá pq na minha casa temos muito mais liberdade, podemos ver videos,musicas,netflix na TV, jogar video-game, eu encomendo lanche que ela gosta etc... e sem contar que podemos transar aqui de vez em quando, coisa que é quase impossivel de se fazer lá. A mãe dela começou a vir aqui em casa sem avisar e perturbando meus pais falando que isso estava errado e que eu que deveria ir lá não ao contrário e que ela quase não me via mais. Essa mulher é tão chata que nem minha familia gosta dela. avançando um pouco a historia, na quinta, depois da mãe dela vir aqui mais uma vez encher o saco pedindo para eu ir lá, eu cedi e acabei indo no sábado. Sinceramente, foi extremamente chato e entediante, não me entendam do jeito errado, eu fui lá pra ficar com a minha namorada mas estava um TÉDIO fudido, ficamos sentados na varanda de tarde até 7:40(horario que meu pai disse pra sair de lá pq ela mora dentro de uma favela perigosa). e hoje quando minha namorada veio aqui, as 7:40 a mãe dela ligou e mandou ela ir embora pq já estava na hora(eu levo minha namorada em casa as 9)... isso foi uma indireta pra mim... uma coisa de criança, ela nunca fez isso e agora fez... Sinceramente ela é uma sogra horrivel e eu odeio ela. Minha namorada ainda se deixa ser controlada pela mãe e isso me irrita muito... eu não quero que ela desobedeça a mãe, só quero que ela questione, coisa que ela nem sequer faz e me deixa puto da vida. Eu tenho certeza que se um dia nós terminarmos, vai ter dedo dessa velha fudida ai no meio.
submitted by Amplix18 to desabafos [link] [comments]


2020.02.13 17:55 -Oda- A História da tal mulher difícil

A história da tal mulher difícil kkkkkkk
A mídia costuma retratar a mulher difícil como um troféu, como uma mulher super-especial, que apenas o melhor dos homens conseguirá ter. Tem até um clássico circulando na internet há alguns anos, intitulado “a maçã do topo”.
Na verdade, ao contrário da crença popular, a mulher difícil está longe de ser uma pessoa especial. Ela, inclusive, pode ser muito mais perigosa que as ditas “fáceis” da vida. É bom estar atento com as tais “difíceis”.
O que faz uma mulher ficar “difícil”? A resposta é óbvia: uma mulher se torna difícil porque não foi com a cara do sujeito em um primeiro momento! Sim: ela só está sendo difícil de pegar porque, no fundo, ela NÃO GOSTA de VOCÊ! E ela não gostou de você, também, por razões óbvias: você está abaixo das exigências insanas dela! Ou você NÃO tem grana, ou é baixo, ou é feio, ou não tem a tal “pegada”.
Resumindo, para ela, você é um beta!
Além disso, tem outro fator que torna a mulher “difícil”: a fila de homens que querem sexo com ela. Se, na fila de homens, algum for melhor que você (segundo os critérios dela), com certeza, ela ficará te enrolando enquanto tenta fisgar aquele outro homem. A intenção dela é manter você próximo; no caso do rolo com o outro não der certo, ela, simplesmente, “não resistirá mais aos seus encantos e se renderá”. Em outras palavras: a mulher difícil costuma fazer os homens de estepes emocionais.
Por último, aumentar a própria auto-estima. Mulheres adoram estar rodeadas de caras apaixonados. Ela gosta de ver seus encantos femininos dominando fracotes e cabaços emocionais. O engraçado é que o sujeito que “infla o ego” de uma mulher com sua paixonite é visto como um macho inferior, um fraco, e terá nojo de qualquer investida sexual de um cara destes!
O mais engraçado é que a mulher que se faz de difícil para você é a mesma que deixa um playboy enfiar a língua na garganta dela em menos de trinta segundos de conversa mole na balada e depois esta fazendo garganta profunda com o mesmo. Sim: ela só é tímida sexualmente com você porque, na visão dela, você é um macho inferior.
Se ela te classificou como um beta, aí caiu a casa: ela irá ser cheia de não-me-toques, vai te fazer esperar meses para aceitar namorar, vai te obrigar a se apresentar aos pais e vai fazer exigências intermináveis durante o relacionamento! Se você não fizer alguma demonstração absurda de romantismo todos os dias, ela sempre estará de cara emburrada, e sempre estará de má vontade com tudo!
E, se pintar um cafa destacado na história, meu amigo... ela vai colocar a galhada na sua cabeça sem o menor remorso!!!
Grave bem o que vou escrever aqui: mulher nenhuma é difícil com homens poderosos! Mesmo as mais conservadoras, mesmo as mais religiosas caem fácil diante do poder! Diante de um homem poderoso, elas passam por cima dos próprios valores morais, passam por cima da família e até do orgulho próprio! São capazes, inclusive, de colocar a própria segurança em risco para ficar junto do sujeito! O poder masculino é capaz de desarmar qualquer uma, e só pode ser sobreposto por outro poder masculino superior!
Sabe aquela gostosa lá do seu trabalho, da sua faculdade? Aquela sua vizinha rabuda? Se você está tentando dobrá-la sem sucesso, é muito provável que tenha algum outro homem poderoso na jogada. Mulheres muito bonitas, normalmente, só ficam com caras muito poderosos! E, enquanto ela não consegue fisgar o sujeito, você está sendo deixado em banho-maria, na punheta, sonhando em dar uns amassos nela...
Outro mito muito comum na cabeça dos homens, também pregado pela mídia, é o mito da “conquista”. Por este mito, se você não conseguiu pegar uma mina, foi porque você falhou na hora da “conquista”, ou não usou uma “técnica mágica de sedução”, enfim. Este mito é derivado do mito da mulher difícil.
A REAL é que quem decide se haverá ou não um relacionamento são elas! Não é você! São elas que escolhem com quem vão namorar, com quem vão casar, com quem vão ter um caso e com quem vão ter só amizade! Você está aí, gastando uma energia mental tentando encontrar uma forma de “dominá-la”, enquanto outros homens mais poderosos simplesmente chegam junto, falam meia dúzia de merdas no ouvido dela, pegam na cintura e arrastam a vadia para o motel a faz anal giratório.
Pergunte aos maiores pegadores qual o segredo de pegar tanta mulher. Você vai ouvir merda atrás de merda, coisas desconexas, fórmulas falsas e teorias furadas que não funcionam com você! Na verdade, nem eles próprios sabem como conseguem pegar. E não sabem porque eles não escolheram quem pegar; elas é que escolheram ser pegas por eles! E escolheram baseadas em critérios instintivos, envolvendo poder e destaque social.
Qualquer merda que esse sujeito fizer irá “funcionar”, no final das contas! DEIXEM DE SER IMBECIS QUE ACREDITAM NESSE PAPO DE SEDUÇÃO.
Mais uma vez, a mensagem do texto é: o segredo é buscar seu desenvolvimento pessoal. GRANA, MÚSCULOS, APARÊNCIA e postura dominante. Se você quer tanto uma “fórmula mágica” para o sucesso, o caminho é esse aí, e não tem outro jeito! Foco em si mesmo, e que se dane o resto.
E, pelo amor de Deus: pára de acreditar em mentiras do tipo “conquista”, “mulher difícil”, “sedução”. ACORDA PRA VIDA RAPAZ!
submitted by -Oda- to brasilivre [link] [comments]


2020.01.21 05:11 potatoroxo O infiel, a corna mansa e a talarica #turmafeira

Olá luba, seres humanos, plantas e animais :) Então luba, há alguns anos atrás, eu estava me relacionando com uma garota, masssss o meu coração acabou se apaixonando por uma outra pessoa (vou chama-lo de Geraldo) Eu e o geraldo começamos a namorar rapido demais, então eu não o conhecia direito Um belo dia o melhor amigo do Geraldo veio me dizer que ele tinha me traído, e eu burra NÃO ACREDITEI, então continuei com ele, semanas depois, a minha melhor amiga (vou chama-la de Rebeca), tinha se aproximado muito do meu namorado, eu estava desconfiando de algo mas deixei rolar. Depois de algum tempo, eu decidi fazer uma festa do pijama lá em casa e chamei varias amigas e amigos, incluseve Rebeca e Geraldo. Tudo estava indo bem quando Geraldo decidiu terminar comigo e ficar com Rebeca na minha FRENTE e na minha CASA, eu chorei um monte e etc (trouxa) No outro dia ele veio arrependido pedir desculpas, e eu BURRA, perdoeei e voltei a namorar com ele (me perdoem eu era imatura), depois de muito tempo e depois de muitas traições, eu terminei definitivamente com ele. Mas até hoje Geraldo quer voltar comigo, e quando eu nego, ele sai falando pra todo mundo que sou uma vadia. E essa foi a minha história de relacionamento que deu errado lubixco, adiosss
submitted by potatoroxo to u/potatoroxo [link] [comments]


2019.06.03 03:28 _Brianne_ [DESABAFO] Até quando eu vou ter que aturar a doença LGBT da minha irmã?

Eu devo ser a pessoa mais azarada do meu bairro, sem dúvidas! Eu estou postando aqui no reddit esse desabafo pq eu preciso por isso pra fora.
Tudo começou há uns meses atrás quando minha querida irmã inventou de aderir a causa LGBTQQYWQWT e a trazer um monte de amiguinhas escrotas aqui pra casa. Eu que prefiro ficar sozinha no meu quarto cuidando da minha vida tive que aturar a gritaria e a barulheira dessas escrotas que se metiam no meu quarto por conta da minha irmã. Ok, tudo bem, eram apenas visitas, uma hora iriam embora. Até que ela inventou de namorar com uma delas e as vezes ela vinha dormir aqui em casa. E eu vendo a situação toda e prevendo a merda que isso ia dar! Chamei a mãe pra ter uma conversa e falei que não queria gente de fora no meu quarto, que eu gosto de privacidade e silêncio pra estudar, que eu só quero ficar no meu canto em paz (pq eu tenho UMA PENCA de coisas pra estudar e tbm pq eu gosto).
DITO E FEITO a FDP veio aqui pra casa e se instalou justo onde???? No meu quarto é óbvio. Por insistência de quem? Da minha irmã LGBT lacradora e insuportável. Das pessoas que eu conheço deve ser uma das mais estúpidas. Agora tenho que aturar duas pessoas insuportáveis que ficam 24 horas dentro do meu quarto falando merda. Emprego nem vão atrás apesar de já terem quase 30 anos de idade, a putinha da namorada dela (que trai ela com meio mundo e tem nojo de eleitor do bolsonaro, apesar de viver dentro de uma casa sendo sustentada com todas as regalias por um) já tem até um filho que ela sequer sustenta. A minha reação foi de buscar um emprego e sair disso aqui, mas como até o momento eu não consegui vou ter que ir suportando. Além disso, eu estou quase fechando contrato com uma editora pra publicar um livro e preciso de paz e sossego pra escrever, paz que eu teria se não fosse essa situação de merda. E os meus pais?? Estão cagando pra situação, as duas batem o pé, choram e a situação fica por isso mesmo
Mas a situação fica ainda pior! Pq minha irmã arrumou uma divida de QUASE meio milhão com FIES pra se formar numa universidade particular caríssima aqui da região e que ela sequer está juntando dinheiro pra pagar, já que trabalhar não quer. E se já não bastasse isso TEVE UMA IDEIA BRILHANTE, algo que nem mesmos os mais sábios poderiam conceber! Esses dias quando eu estava prestes a dormir eu ouvi a duas falando q a minha irmã """ENGRAVIDOU""" a namorada dela! Novamente chamei meus pais para conversarem e falarem pra eles que se eles não darem um jeito VÃO sustentar o filho que a putinha tá esperando (e que ela manipula minha irmã com discurso LGBTista pra aceitar e lacrarem juntas nas redes sociais)!
E eu que literalmente estava aqui no meu canto, em paz, com meus livros, meus projetos tenho que aturar essa merda toda enquanto não consigo um emprego pra dar o fora desse manicômio. Tenho que assistir minha irmã sendo manipulada dia e noite por uma vagabunda espertinha e que ela SE NEGA a enxergar, ter minha privacidade e paz violadas por gente escrota e barulhenta que quer ficar enfiada no MEU QUARTO 24 horas, não querem nada com a vida e ainda me atrapalham e eu nem mencionei as briguinhas insuportáveis das duas que tem todo dia e toda hora.
TL:DR: Eu estava vivendo minha vida tranquilamente, em casa, então minha irmã decide com a namorada vadia se instalarem no meu quarto pra ficarem me atormentando 24 horas com as baboseiras e a hipocrisia das duas que sequer cabe aqui mencionar. Achando pouco decidiram que deveriam ter um filho também que agora está a caminho.
submitted by _Brianne_ to brasilivre [link] [comments]


2015.11.15 16:47 ENGENHEIRO-EMERSON Tenho nojo de mulheres brasileiras

Transar com uma mulher brasileira é o mesmo que gozar em um latão de lixo, não interessa se foi estupro ou foi consensual, absolutamente nada muda. Seja como for, o “latão de lixo” irá continuar lá para receber a esporrada de outros machos.
A degradação moral no Brasil atingiu níveis críticos. Muitos me xingam de pedófilo, mas a verdade é que eu nunca molestei ninguém, não molestei porque simplesmente não vale a pena. Porque toda vadia que eu vejo ao mesmo tempo que começa a desenvolver corpo começa a trepar com marginais.
Eu sou uma espécie de “Gerson”, continuo comendo estas roceiras aqui de Araraquara e depois me bate um arrependimento, e me pergunto, o que é que eu estou fazendo da minha vida.
No final das contas, eu sou mesmo um doente. Só de me relacionar com estas vadias brasileiras, já é um fetiche sexual doentio. É um fetiche sujo e imundo.
TODA MULHER BRASILEIRA É UM PEDAÇO DE LIXO. SÓ AS GAROTAS JAPONESAS SÃO PURAS E DÓCEIS.
Porque toda a garota adolescente brasileira aos 13 anos já está ensinando pelas tele-novelas da rede-judaico-sionista de televisão a chupar rola e dar para marginal, todas elas estão lendo compulsivamente revistas como a CAPRICHO que ensinam truques para enganar e mentir.
TODA ADOLESCENTE BRASILEIRA É UM PEDAÇO DE LIXO. NÃO INTERESSA A IDADE, RAÇA NEM PROCEDÊNCIA NACIONAL.
Comer vadias brasileiras não significa desejo de ter um relacionamento com elas, não significa o mesmo que desejar casar ou namorar. Comer vadias brasileiras é o mesmo que comer uma prostituta, você goza e fica se perguntando: O QUE DIABOS EU ESTOU FAZENDO AQUI.
E neste momento, as vadias ficam querendo te beijar com a mesma boca que engoliram sua porra, que engoliram a porra de vários outros caras, contando aquelas mentiras de sempre que você é único na vida delas e o caralho. Você finge acreditar para continuar comendo mas no fundo sabe a verdade.
submitted by ENGENHEIRO-EMERSON to brasil2 [link] [comments]